Facebook Pixel

Judocas do Time Ajinomoto disputam Mundial de olho nos Jogos Olímpicos

28/08/2019

Confiantes, Rafael Silva (+100kg) e Eduardo Katsuhiro (equipe) comemoram boa preparação para disputa no Japão

São Paulo, 28 de agosto de 2019 - Integrantes do Time Ajinomoto, os judocas Rafael Silva (+100kg) e Eduardo Katsuhiro (equipe) disputam o Mundial da modalidade, em Tóquio, no Japão, confiantes em obter um bom desempenho e pontos importantes para o ranking mundial. O torneio distribui a maior pontuação para o ranqueamento que definirá os classificados para os Jogos Olímpicos do ano que vem.

Rafael Silva, o Baby, estreia na madrugada deste sábado (31) contra o bósnio Harun Sadikovic. Katsuhiro competirá no domingo (1º) pela equipe mista, evento que estreará no programa olímpico no próximo ano. Na preparação para o Mundial, a dupla utilizou o aminoVITAL® GOLD, produto à base de aminoácidos, desenvolvido pela Ajinomoto a pedido do Comitê Olímpico Japonês durante os Jogos de Londres, em 2012, e que auxilia no processo de recuperação muscular.

“O esporte de alto rendimento é resolvido no detalhe. Usando o aminoVITAL® GOLD, consigo me recuperar melhor e esse detalhe, no dia a dia, a longo prazo, com certeza faz com que a medalha fique mais palpável”, destaca Baby.

Recuperado de uma fratura na mão direita que o impediu de competir em Lima, no início do mês, Rafael acredita em um bom resultado no Japão. “Estou treinando e conseguindo fazer as lutas. A força na mão está voltando a cada dia e a perspectiva para o Mundial está muito boa. São pontos importantíssimos e tem o diferencial de ser no Japão. Faz toda diferença lutar no lugar onde será disputada a Olimpíada do ano que vem, inclusive no mesmo ginásio”, explica o judoca.

Antes do Mundial, a seleção brasileira fez aclimatação em Hamamatsu, na província de Shizuoka. A programação é a mesma a ser utilizada antes dos Jogos Olímpicos. “É praticamente um simulado do que vai ser feito na Olimpíada. As saídas para os dias de competição são praticamente as mesmas. Na quinta-feira (29), viajo para Tóquio, no sábado faço as lutas individuais e no domingo, por equipe”, ressalta Baby.

Katsuhiro também está satisfeito com o trabalho realizado antes do Mundial. “Conseguimos fazer uma preparação bem eficiente e profissional. Esta é a competição mais forte do ano, vou lutar contra meus adversários sentindo-me bem preparado. Lutando contra esses atletas, vencendo e ajudando o Brasil a conquistar a medalha por equipes será muito bom para eu ganhar confiança”, complementa o atleta da categoria até 73kg.

O Time Ajinomoto faz parte do Projeto Vitória, iniciativa criada em 2003 no Japão e que chegou este ano ao Brasil com o objetivo de contribuir para o fortalecimento do esporte nacional. Por meio dele, os mais de 20 atletas e paratletas que compõem o grupo recebem suporte no que diz respeito à nutrição e aos benefícios da ingestão de aminoácidos para esportistas de alto rendimento.

Emoção na casa do judô
O Mundial no Japão está sendo realizado no Nippon Budokan. A arena foi construída para receber as competições de judô nos Jogos Olímpicos de 1964, quando a modalidade foi incluída pela primeira vez no programa olímpico. Isso torna o evento desta semana ainda mais especial para Rafael Silva.

“O ginásio é o lugar em que foram disputadas as primeiras lutas de judô no esporte olímpico. É um momento bastante histórico para quem é praticante de judô. Eu estou sendo privilegiado por ter lutado a Olimpíada em casa, no Brasil (em 2016), e pela próxima ser no Japão, onde foi fundada a prática do esporte que eu gosto tanto. Confesso que estou vivendo em uma geração bastante privilegiada”, complementa Baby.

Sobre a Ajinomoto do Brasil
Presente no Brasil desde 1956, a Ajinomoto do Brasil se empenha em oferecer produtos de qualidade tanto para o consumidor como insumos para as indústrias alimentícia, cosmética, esportiva, farmacêutica, de nutrição animal e agronegócios. Atualmente, a unidade brasileira é a terceira mais importante do Grupo Ajinomoto fora do Japão, atrás apenas da Tailândia e dos Estados Unidos. A linha de produtos da empresa voltada ao consumidor é composta pelo tempero umami AJI-NO-MOTO®, AJI-SAL®, Tempero SAZÓN®, Caldo SAZÓN®, RECEITA DE CASA™, HONDASHI® e SABOR A MI®, além das sopas individuais VONO® e da linha de sopas cremosas e claras VONO® Chef. Também se destacam os refrescos em pó MID® e FIT™ Zero Açúcar, além dos produtos da marca Satis!®, que incluem molho shoyu e as linhas Tempera e Empana, Tempera e Dá Molho e Tempera e Dá Liga. No Brasil, a companhia também atua no segmento de food service (alimentação fora do lar). Com quatro unidades fabris, localizadas no estado de São Paulo, nas cidades de Limeira, Laranjal Paulista, Valparaíso e Pederneiras, e sede administrativa na capital, emprega cerca de 3 mil funcionários e atende tanto ao mercado interno como ao externo. A Ajinomoto, multinacional japonesa com sede em Tóquio, é líder mundial em aminoácidos. No ano fiscal de 2018 o Grupo Ajinomoto obteve um faturamento global de US$ 10,1 bilhões e nacional de R$ 2,2 bilhões. Atualmente, está presente em 35 países, possui 121 fábricas e cerca de 34 mil funcionários em todo o mundo. Para saber mais, acesse www.ajinomoto.com.br.

INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA | AJINOMOTO DO BRASIL
Race Comunicação
Tel.: (11) 2894-5607/2548-0720
Marta Teixeira – Cel.: (11) 99677-4546 – martateixeira@agenciarace.com.br
Wilson Barros - Cel.: (11) 99607-1746 - wilsonbarros@agenciarace.com.br

Voltar para o índice

Últimas notícias: